Ulysses Boscolo

Ulysses Boscolo

Currículo resumido

 Ulysses Bôscolo de Paula nasceu em São Paulo em 1977.

Estudou Artes Plásticas na FAAP formando-se em 1999. Trabalha com gravura em metal, xilogravuras, pinturas, objetos e ilustrações. Realiza uma ampla rede de imagens utilizando a impressão de matrizes de madeira, associadas à paisagem da Serra do Mar e da Serra da Cantareira em São Paulo, transformando o espaço de expositivo em verdadeiras instalações, cobrindo parte das paredes de estampas em diversos papéis de uso comum e construindo uma série de suportes alternativos para amparar os álbuns e outros objetos, provenientes de casas de demolição ou encontrados em caçambas espalhadas na rua.

Em 2007 realizou exposições em N.York pela galeria Gravura Brasileira: Steuben West Gallery, no Pratt Institute e no Goloboroko´s Studio, com curadoria de Eduardo Besen.

Em 2008 realizou exposições de xilogravuras no Japão (Tóquio, Moninoki Gallery em Jiyugaoka) e no Canadá, em comemoração dos 400 anos da cidade de Quebec (Engramme, Centre de Production ef Diffusion em Estampe Atualle).  Premiado com o PROAC (Programa de ação Cultural do Estado de São Paulo) desenvolveu ações de desenho e xilogravura sobre a história e a geografia da Serra do Mar, colocados em um álbum intitulado Os Colecionadores de Estampas, realizando intensa pesquisa a respeito das madeiras e espécies nativas de pássaros e borboletas que vivem na Mata Atlântica. Recebeu no mesmo ano o prêmio Fernando Pini de excelência gráfica pelo projeto O Caráter Gravado.

Em 2009 realizou seis exposições, com destaque para a série de xilogravuras chamada: Alçapão ou Diários de Verão, pela Galeria Gravura Brasileira com curadoria de Eduardo Besen e a mostra coletiva Fundos, reunião de álbuns de xilogravuras feitas com madeiras encontradas na rua, pela Galeria Mezanino, com curadoria de Renato Decara.

Em 2010, participou da feira anual de Artes no Pavilhão da Bienal – SP ARTE pela Galeria Mezanino e teve uma de suas obras adquiridas pela Pinacoteca do Estado. Abriu no mesmo período, na Galeria Gravura Brasileira, a exposição O Livro de Seda, com mais de 200 xilogravuras impressas manualmente em papel de seda antigo, formando um painel abrangente das diferentes espécies de pássaros e insetos que vivem na cidade de São Paulo.

2011, no primeiro semestre, participou da SP Arte, com curadoria de Renato Decara da Galeria Mezannino, Projeto Circulação Gráfica (com as artistas Maura de Andrade e Yili Rojas) e Páginas Impressas (construção coletiva entre seis artistas, de um álbum de gravuras), uma individual, programada na Galeria Gravura Brasileira para o segundo semestre e uma mostra coletiva na Argentina em Buenos Aires na Galeria Original Multiple, com xilogravuras em pequeno formato.

 

 

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: